Exposição Liberdade, abre as asas sobre nós

Museu Internacional de Arte Naif do Brasil
Inconfidência Mineira – 1789 – Insatisfeitos sobre o aumento dos impostos sobre o ouro extraído no Brasil e enviado para Portugal, os mineradores de Minas Gerais iniciaram um movimento integrado por estudantes recém chegados da Europa, militares, padres, comerciantes e fazendeiros. O grupo, que se reunia em Vila Rica (hoje Outo Preto) pretendia transformar o Brasil numa república livre, fundar uma universidade em Vila Rica, criar escolas e hospitais e reformar o exército. Tinha como tema Liberadade quae sera tamem, do latim, “Liberdade ainda que tardia”. Os conspiradores foram traídos e seu líder, o alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, foi enforcado em 21 de abril de 1792, no Rio de janeiro, então capital do Brasil.
Detalhe de tela de Juca (Ovídio de Andrade Melo)


Museu Internacional de Arte Naif do Brasil
REFORMA AGRÁRIA: A partir dos dos anos 80 começaram a se organizar movimentos em vários pontos do país a favor da reforma Agrária, que se propõe a dar a posse da terra a quem nela trabalha.
Tela de Gilvan (Paulo Gilvan Duarte Bezerril)


Frei Caneca – 1779-1825 – Frei Joaquim do Amor Divino Caneca era padre carmelita e professor em Alagoas e Pernambuco e aderiu a Revolução Pernambucana de 1817.

Deixe uma resposta